O Donkey Kong de 1981.

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 09 de julho de 1981, a gigante dos games Nintendo apresentava ao mundo o seu jogo arcade de maior sucesso de todos os tempos: Donkey Kong.

Nele, um dos primeiros exemplares do estilo “plataforma”, um malvado gorila arremessa barris que rolam abaixo por uma sequência de plataformas. Cabe ao personagem “jumpman” subir estas plataformas esquivando-se dos obstáculos para, ao final do percurso, tentar salvar a donzela Pauline, prisioneira do gorila vilão.

Criado por Shigeru Miyamoto, foi um dos maiores sucessos da década de 80, sendo o responsável pela entrada da Nintendo [1] no segmento de jogos eletrônicos, que até então se dedicava a baralhos e brinquedos.

Donkey Kong Nintendo 2
Foi um dos jogos mais portados de todos os tempos

Seu desenvolvimento começa com a tentativa de obter os direitos de criar um jogo baseado no “triângulo amoroso” Popeye-Olívia Palito-Brutus. Mas com esta possibilidade frustrada, a Nintendo resolve então recriar esta rivalidade com um novo conjunto personagens, que poderiam futuramente ser utilizados em novos jogos sem o pagamento de royalties.

Assim, neste histórico jogo, eram apresentados ao mundo dois dos personagens mais famosos da história dos games: o mal-encarado gorila Donkey Kong e o carismático encanador Mario [2].

Um fato curioso é que nessa época o personagem “Mario” ainda não tinha recebido esse nome, sendo conhecido simplesmente como “jumpman”. A “estrela” do game era o Kong!

Donkey Kong Nintendo 3
Ganhou também novas “sequências”

Apenas depois do enorme sucesso do arcade é que jumpman foi rebatizado, ganhando vida própria e seus próprios jogos. Pois é, o Mário era um “coadjuvante” originalmente!!! 😊

Por conta da similaridade do personagem com àquele do filme “King Kong”, a Universal Studios processaria a Nintendo sob a alegação de violação de direitos. Contudo, a japonesa sairia vitoriosa conseguindo comprovar a tese de que a expressão “Kong” era de uso corrente em sua terra, como sinônimo da palavra gorila.

A versão original de Donkey Kong foi um dos jogos mais “portados” da história para outras plataformas, tendo existido versões para Amiga, Apple, Atari, Commodore, NES, PC, ZX Spectrum e muitas, mas muitas, outras. O jogo também ganhou novas versões da própria Nintendo ao longo dos anos.

Quer matar a saudade e jogar a versão original? Acesse uma versão online aqui neste link.

Donkey Kong Nintendo 4
Criador e criaturas

Quer experimentar este e outros computadores e consoles antigos, do Brasil e do mundo, de forma virtual no seu próprio PC?
Baixe neste endereço o multiemulador do Museu Capixaba do Computador (MCCEmu) e divirta-se!


E você, jogou Donkey Kong em alguma plataforma?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Comparativo da versão original em diversos consoles
A evolução de 1981 a 2018
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.