Patente da memória RAM dinâmica DRAM de 1968

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 04 de junho de 1968, a patente da memória RAM dinâmica DRAM, era concedida em nome de Robert Dennard, pesquisador do centro de pesquisa TJ Watson da IBM.

Nesta data, Dennard obtinha o registro da patente pelas ideias de uma célula de memória de transistor único e de uma célula com três transistores, submetidas no ano anterior.

Sua concepção, inspirada na simplicidade das memórias de núcleo magnético e em seus trabalhos com semicondutores do tipo metal-oxido (MOS), era baseada na tecnologia dos transistores de efeito de campo (FETs).

A ideia veio à sua cabeça em 1966.  numa noite sentado no sofá de sua sala de estar. Ele refletiu que, utilizando as características da tecnologia MOS, ele conseguiria criar “capacitores” que armazenariam cargas elétricas. Um capacitor carregado poderia representar o bit “1” e um descarregado o bit “0”, sendo que a escrita nesse capacitor poderia ser controlada por um transistor. Desta simples ideia, nascia o conceito da memória RAM dinâmica, ou DRAM como comumente é chamada.

Em seu documento de patente, ele descreve que “a memória é formada por uma matriz de células de armazenamento controladas por linhas de escrita e leitura ligadas a elas”.

Logo depois de sua patente, a Intel produziria o primeiro chip de memória DRAM da história (com 1kbit de capacidade), com base na tecnologia de três transistores patenteada por ele. Ao longo da década de 70, diversos outros fabricantes produziriam memórias de 4kbit, usando agora a tecnologia de um transistor único de Dennard.

Foi uma tecnologia tão revolucionária que as DRAMs continuam a ser usadas até hoje nos computadores, com a capacidade dos chips ultrapassando vários bilhões de bits (giga bits).

Uma pesquisa no Google Patents nos mostra que Dennard figura em outros espantosos 80 pedidos de patentes.

Veja o documento original de patente:

Loader Loading…
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab
Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

O que é DRAM e como funciona
Entrevista com Robert Dennard, o inventor da DRAM
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.