Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 16 de julho de 1970, a Digital Equipment Corporation (DEC) lançava o seu novo modelo da família PDP de computadores, o PDP-8/E.

A série “8” do PDP foi o “minicomputador” de maior sucesso da DEC e o mais barato da sua época, com um projeto bastante inspirado no CDC 160 [1], tendo vendido desde o lançamento do primeiro modelo em 1965 mais de 50mil unidades.

Considerando seu preço acessível e sua grande escala de fabricação, foi carinhosamente apelidado de “modelo T” dos computadores, uma alusão ao veículo “Ford T”, precursor da indústria automobilística.

Até 1973, era o computador mais vendido no mundo, sendo ultrapassado somente pelo lendário Apple II [2] , que posteriormente também perderia o primeiro lugar no podium para o IBM PC [3].

PDP 8/E 2
Detalhes de sua construção

Seus primeiros modelos eram construídos com transistores discretos (lógica diodo-transistor – DTL), ou seja, ainda não usavam circuitos integrados [4] em suas placas. Ou seja, este cara (como os demais computadores da época) não tinha um ‘microchip’ que pudéssemos apontar e dizer: “olha, este aqui é o microprocessador dele”. 😊

Rodando o sistema operacional “OS/8”, este computador com arquitetura de 12bits era capaz de realizar somas em 3us (microsegudos) e multiplicações em 21us.

Além da versão original do PDP-8, que tinha o tamanho de um frigobar, sua linha foi composta por diversos outros modelos, como: “S” (desktop), “I”, “L”, “E”, “F”, “M” e “A”, que ao longo dos anos foram recebendo upgrades tecnológicos, passando a utilizar circuitos integrados tipo TTL e, ao final, microprocessadores tipo CMOS.

Com a chegada dos computadores pessoais em 1975, bem mais baratos e já usando microprocessadores [5], o mercado dos PDP entrou em declínio, até deixar de ser fabricado alguns anos depois.

Quem construir seu próprio PDP-8? Neste endereço você pode adquirir um kit e receber instruções de montagem.


E você, trabalhou com algum computador PDP em sua vida?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Apresentando o PDP-8
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.