Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 30 de junho de 1945, o primeiro “draft” do relatório sobre o EDVAC era publicado nos EUA.

O Electronic Discrete Variable Automatic Computer – EDVAC (Computador Eletrônico de Variáveis Discretas), um dos primeiros computadores eletrônicos da história, foi concebido por encomenda do Laboratório de Pesquisa em Balística do Exército norte-americano.

Teve sua proposta original feita pela mesma dupla que criou o lendário “ENIAC” (cujo nome inspirou até personagem de quadrinhos): o físico John William Mauchly e o engenheiro eletricista John Adam Presper Eckert Jr.

Mas para a construção deste novo projeto Mauchly e Eckert convidaram, como consultor, ninguém menos que o matemático John von Neumann, que viria futuramente a receber o título de “pai dos computadores modernos”.

Na data de hoje, em 1945, no documento intitulado First Draft of a Report on the EDVAC (Primeiro Rascunho de um Relatório Sobre o EDVAC), von Neumann (um judeu húngaro naturalizado americano) faz a primeira descrição do computador pretendido, justificando as escolhas de projeto feitas.

Apresenta no texto proposições que viriam a ser a base para todos os computadores que conhecemos hoje, estrutura que ficou conhecida como “Arquitetura von Neumann”.

Sua principal premissa é a de se ter dados e programas armazenados em uma mesma memória “rápida”, em contraste à arquitetura “Harvard” que sugere espaços de memória distintos para cada um destes elementos. Este documento é tido, por muitos pesquisadores, como o primeiro a discutir as vantagens de se ter uma única memória central.

Nele também se propõe o uso da lógica binária em seus circuitos, além de uma unidade de controle (CPU), uma unidade lógica e aritmética (ALU), dispositivos de entrada/saída (I/O) e unidades de armazenamento externo.

A proposta de uso da lógica binária, inclusive, diferia em muito daquilo que tinha sido pensado para o ENIAC, outro computador do qual von Neuman também participou do projeto, e que usava lógica decimal.

Assim como vários dos primeiros computadores, ambos ENIAC e EDVAC tinham fins militares. Nesta mesma linha, von Neumann também participaria do “Projeto Manhattan” (aquele que criou a bomba atômica).

Ele teria também a “paternidade” de outro ramo da ciência, que viria a ser utilizada futuramente nas mais diversas áreas de conhecimento humano como economia, matemática, política, filosofia, medicina, administração, evolução das espécies, marketing, etc: a teoria dos jogos.

Resumindo… Um gênio.

Leia a íntegra do texto de von Neumann, publicado pela revista do IEEE em 1993:

Loader Loading…
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

E você, qual foi primeiro computador que você conheceu na sua vida?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Documentário “Pioneiros dos Computadores”, com entrevista de Presper Eckert falando da criação do ENIAC, EDVAC, entre outros.
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.