Seiko Ruputer o primeiro smartwatch de 1998

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 10 de junho de 1998, o relógio-PC Seiko Ruputer, o primeiro “smartwatch” da história, era lançado pela japonesa Seiko.

Já faz um bom tempo que os fabricantes de dispositivos eletrônicos vêm tentando nos convencer de que “necessitamos” de relógios inteligentes, os “smartwatches” como costumam chamar. Mas é fato que mesmo décadas depois da sua invenção, é um recurso que até hoje não se popularizou.

Esta história começou lá em 1998, quando a Seiko apresentou o seu “Ruputer”, que prometia ao usuário poder escrever textos, cadastrar compromissos, criar lista de tarefas, controlar despesas, usar a calculadora e ainda jogar, tudo usando um pequeno joystick integrado… é… a vida do geek não era muito fácil naquele tempo 😊.

Era também o primeiro capaz de se conectar à um PC através de uma base se sincronismo (docking station).

Medindo por volta de 5cm de largura e 3 cm de altura, contava com um processador com velocidade de 3,6MHz, memória RAM de 128KB, capacidade de armazenamento interno de 512KB (chegando a 4MB posteriormente), display LCD monocromático com resolução de 102×64 pontos e um joystick integrado (associado a botões) para operação do sistema.

Possuía ainda portas de comunicação serial e infravermelho, para trocas de dados com o PC e outros dispositivos.

A bateria prometia uma duração de 30hs de uso intensivo, mas que no modo “agressivo” de economia poderia durar alguns meses. Contudo, esta bateria não era recarregável, necessitando ser substituída sempre que se esgotava.

E você, já usou algum smartwatch?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Um review to Ruputer



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.