A última régua de cálculo de 1976.

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 11 de julho de 1976, a empresa Keuffel & Esser (K&E) fabricava sua última régua de cálculo.

Este dispositivo, inventado no século 17 por William Oughtred, teve como base os trabalhos de John Napier of Merchiston, o inventor dos logaritmos.

Em seu trabalho intitulado Rabdologiae, Napier descrevia um método que, utilizando um conjunto de barras móveis numeradas, era capaz de realizar operações de multiplicação e divisão por meio de somas. Este mecanismo, construído originalmente em peças de marfim, ficou conhecido como “Ossos de Napier”.

Voltando à régua de cálculo, este engenhoso dispositivo e que nada tinha de eletrônico, era composto de partes fixas e móveis, graduadas com estalas lineares e logarítmicas, além de um marcador deslizante. Pela associação destas partes, era possível realizar somas, subtrações, multiplicações e divisões.

Modelos capazes de calcular raízes quadradas e cúbicas, operações de exponenciação e trigonométricas também foram produzidos e usados por muito tempo por matemáticos, engenheiros e navegadores, como ferramenta de auxílio em cálculos complexos.

última régua de cálculo 2
Usada por séculos, até ficar obsoleta com a invenção das calculadoras portáteis

Era um dispositivo tão comum nos anos 50 e 60 que estudantes e profissionais andavam com elas “grudadas” em estojos fixados na cintura, da mesma forma que muitos ostentavam celulares nos anos 90 😊.

Nos anos 70, com a invenção e a popularização das calculadoras eletrônicas de bolso [1] e dos computadores pessoais [2], esta ferramenta, que serviu de apoio aos “calculistas” por tanto tempo, tornou-se obsoleta e caiu rapidamente em desuso, virando peça de museu.

Este último exemplar fabricado pela K&E hoje pertence ao museu norte-americano Smithsonian.

Quer aprender como usar uma régua dessas?  Na seção de vídeos (abaixo) você encontrará um “curso” básico de operação

E aqui neste endereço existe um simulador virtual com modelos de vários fabricantes (basta selecionar o modelo desejado).


E você, já usou uma régua de cálculo alguma vez?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Como usar uma régua de cálculo
Como funcionam os “Ossos de Napier”
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.