Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Em 07 de dezembro de 1963, o mundo dos esportes e a TV nunca mais seriam os mesmos com a invenção do recurso Instant Replay.

Sabe aquele lance incrível de uma transmissão esportiva ao vivo, que você fica ansioso pra rever logo que acontece?

Isso é algo corriqueiro hoje em dia… mas nem sempre foi assim.

O recurso de Instant Replay, ou “repetição instantânea”, foi uma inovação revolucionária introduzida no mundo dos esportes em 1963, durante o histórico jogo de futebol (americano) entre os times do Exército (Army) e da Marinha (Navy).

E a partida entre o Exército e a Marinha dos EUA, historicamente conhecida pela intensidade da rivalidade entre as academias militares, embora ofuscada pelo assassinato do presidente John Kennedy dias antes, proporcionou o cenário perfeito para a estreia do Instant Replay.

Essa tecnologia inovadora abria um novo universo tanto para os árbitros, que ganhavam a oportunidade de revisar lances controversos e tomar decisões mais precisas, quanto para os espectadores, que passavam a poder entender “como” havia ocorrido aquele espantoso lance que durou frações de segundos, transformando assim a história dos eventos esportivos.

Instant Replay 2
Imagem de Verna na época do evento histórico

O visionário por trás dessa ideia foi o então jovem diretor de esportes da emissora de TV CBS Anthony Verna, que, utilizando uma máquina de videoteipe comum, inventou um sistema capaz de reproduzir os acontecimentos que haviam acabado de se desenrolar.

Neste primeiro “experimento” pra valer, a máquina Ampex VR-1000 de quase 600Kg usada por ele, devido à uma sucessão de problemas técnicos, só conseguiu mesmo transmitir um único e último lance da partida.

Neste lance, o quarterback do exército Carl “Rollie” Stichweh simula um passe, mas corre para um touchdown. Logo em seguida, a cena se repete deixando todos os telespectadores abismados!

Como assim, marcaram de novo com a mesma jogada? Pensaram os espectadores…

O fato inusitado fez com que o narrador do jogo precisasse explicar que o time do exército não havia marcado novamente. 😊 A ausência da câmera lenta e a imagem em preto e branco de baixa qualidade da época, não permitiam identificar a diferença entre o sinal ao vivo e o gravado.

Todos haviam acabado de experimentar o nascimento do Instant Replay.

Minutos depois, Verna receberia uma ligação do seu chefe, que lhe disse: “Meu garoto, o que você fez aqui terá implicações tão abrangentes que nem podemos imaginá-las hoje”.

Embora inicialmente tenha sido uma utilização experimental, o recurso rapidamente demonstrou seu valor ao fornecer insights valiosos sobre jogadas que poderiam influenciar diretamente o resultado da partida.

Antes da invenção do Instant Replay, era praticamente impossível acompanhar detalhes de eventos esportivos televisionados, visto que a imagem que chegava aos espectadores era uma visão ampla do campo.

A transmissão televisiva era basicamente como assistir o jogo no campo. Só que em casa. Agora, com o novo recurso, assistir pela TV tinha um diferencial extremamente relevante.

Instant Replay 3
O gravador de vídeo AMPEX utilizado na façanha

O recurso de replay, associado ao movimento em câmera lenta, transformou os momentos de extremo contato físico em “balés”, revelou a beleza por traz do empenho e do esforço físico, desvendando ainda toda a magia por traz daquelas jogadas genialmente arquitetadas pelos atletas.

A invenção do Instant Replay abriria também o caminho para sua implementação em outros esportes ao redor do mundo, evoluindo ao longo dos anos para sistemas mais avançados e sofisticados, com múltiplos ângulos e pontos de vista, a ponto de se tornar uma ferramenta obrigatória em muitos eventos esportivos, garantindo decisões mais justas e transparentes, como o VAR no futebol e os vídeos em esportes de velocidade.

Um grande exemplo de como a tecnologia pode provocar mudanças em diversos aspectos de nossas vidas, tornando-se uma aliada crucial para a integridade e a imparcialidade nos esportes, aprimorando não só a qualidade das decisões arbitrais, mas também transformando a maneira como os fãs vivenciam e compreendem o emocionante mundo do esporte.


E você, acha o recurso de Instant Replay mais importante para qual esporte?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “⚙ >> Legendas/CC >> Traduzir automaticamente”.

A invenção do Instant Replay
O jogo Exército-Marinha/EUA de 1963
Tony Verna fala sobre sua invenção
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

WhatsAppmessengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Somos um projeto sem fins lucrativos. Mas temos despesas. 😊
Se você curte nosso trabalho, gostaria de nos ajudar a pagar as contas?

Clique no botão abaixo e faça uma contribuição voluntária, de qualquer valor!

Você ainda tem a opção de tornar esta ajuda permanente, com um valor mensal fixo, marcando a opção “Transformar em doação mensalmente

botão doação paypal
paypal QR Code doação

Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *