A primeira transmissão de TV transatlântica de 1928

Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Em 08 de fevereiro de 1928, o inventor escocês John Logie Baird realizava a primeira transmissão de TV transatlântica da história.

Utilizando um sistema de rádio de ondas curtas, o inventor escocês John Logie Baird, que havia feito a primeira demonstração pública de um sistema de TV três anos antes, realiza agora a façanha de transmitir um sinal de vídeo através do Oceano Atlântico, entre a cidade de Purley, na Inglaterra, e Hartsdale nos EUA.

Tudo bem que a imagem “não era assim uma Brastemp”, eram grosseiras e imperfeitas, mas era uma imagem!

Nela era possível identificar o rosto da Sra. Mia Howe (que emprestou a si própria para o experimento) movendo-se de um lado a outro, deixando o grupo de testemunhas lá no distante EUA boquiaberto.

E assim, mais uma das grandes barreiras da tecnologia era derrubada: a transmissão de imagens em movimento à longas distâncias.

O sistema era basicamente o mesmo apresentado publicamente por Baird em 1925, desta vez utilizando sinais de rádio no lugar de cabos metálicos.

primeira transmissão de TV transatlântica 2
Registro em jornal da época

Tratava-se de um sistema eletromecânico, composto por discos rotativos que escaneavam a imagem, convertendo-a em sinais elétricos analógicos.

Desse mecanismo resultava uma imagem rudimentar, com uma resolução máxima de 30 linhas e à uma taxa de 12 quadros por segundo.

Sobre o acontecimento, o jornal New York Times fez o seguinte registro em 11 de fevereiro de 1928:

“…Seu sucesso merece ser equiparado ao envio, por Marconi, da letra “s” através do Atlântico – o primeiro sinal inteligível já transmitido de costa a costa no desenvolvimento da radiotelegrafia transoceânica.
Como comunicação, o “s” de Marconi era insignificante; como um marco na expansão do rádio, de importância histórica.
E assim é com o primeiro esforço bem-sucedido de Baird na televisão transatlântica. … Qualquer que seja o futuro da televisão, a Baird pertence o sucesso de ter sido um líder em seu desenvolvimento inicial.”

No mesmo ano Baird realizaria ainda a primeira transmissão em cores do mundo e o primeiro sistema de TV estereoscópico.


E você, como era a imagem do primeiro aparelho de TV que conheceu em sua vida?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “⚙ >> Legendas/CC >> Traduzir automaticamente”.

John Baird apresenta seu invento
Sistema de Baird restaurado
Demonstração de um dos antigos sistemas
Programa da BBC de 1970 sobre o primeiro sistema de TV
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

WhatsAppmessengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Somos um projeto sem fins lucrativos. Mas temos despesas. 😊
Se você curte nosso trabalho, gostaria de nos ajudar a pagar as contas?

Clique no botão abaixo e faça uma contribuição voluntária, de qualquer valor!

Você ainda tem a opção de tornar esta ajuda permanente, com um valor mensal fixo, marcando a opção “Transformar em doação mensalmente

botão doação paypal
paypal QR Code doação

Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *