O computador Texas Instruments TI-99/4A de 1979

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em junho 1981, o computador Texas Instruments TI-99/4A era lançado.

Tratava-se de um upgrade do modelo TI-99/4 de 1979, o primeiro computador doméstico de 16bits do mundo, que foi um marco para a sua época.

Contava com uma CPU TMS9900 de 16 bits, rodando à velocidade de 3MHz, memória RAM de 16KB (até 52KB), memória ROM de 26KB, 16KB de memória exclusiva de vídeo, teclado integrado e conexões externas para gravador K7, vídeo, joystick, cartuchos e expansões.

Possuía ainda em seu hardware outros chips “dedicados” à funções específicas, que desafogavam a CPU de algumas operações, o que foi também foi uma grande inovação.

Um deles foi o processador de vídeo TMS9918A (da própria Texas), também utilizado em uma linha de computadores que muitos de nós brasileiros conhecemos os MSX. Outro foi o processador de áudio TMS9919 (SN76489), muito similar ao concorrente AY-3-8910 (da General Instrument), capaz de gerenciar três canais de áudio e um de ruído.

Teve uma enorme gama de acessórios e expansões como drives de disquete, interfaces seriais, modems, memória, impressoras, sintetizador de voz, entre outros.

Texas Instruments TI-99/4A 2
O TI-99/4A no MCCEmu

Aqui é importante destacar uma característica interessante da arquitetura: cada um destes dispositivos tinha integrada em sua memória ROM interna seus ”drivers” de funcionamento, tornando-o imediatamente visível e acessível ao sistema assim que era conectado. Era uma espécie de “plug&play” antes mesmo do conceito existir 😊.

Contudo, embora dispusesse de um moderno processador de 16bits, questões tecnológicas e de projeto restringiam a maior parte das comunicações internas em seu barramento à operações em 8bits, limitando enormemente sua performance.

Manteve durante algum tempo uma guerra de preços com a empresa Commodore Business Machines (dos modelos VIC-20, C64 e Amiga), quando o preço deste computador caiu de US$ 1.150 (no lançamento em 1979) para incríveis US$ 49, o que fez com que a Texas abandonasse o segmento de computadores em 1983.

Quer experimentar este e outros computadores e consoles antigos, do Brasil e do mundo, de forma virtual no seu próprio PC?
Baixe neste endereço o multiemulador do Museu Capixaba do Computador (MCCEmu) e divirta-se!

E você, usou algum computador da Texas Instruments?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Como um computador que vendeu 2,8milhões de unidades falhou: história, hardware e alguns jogos.
Curioso comparativo de performance com outros computadores da época.
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.