Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Em 03 de fevereiro de 1986, em um artigo da revista Time, o termo vaporware era criado pelo jornalista Philip Elmer-DeWitt.

Vaporware ou Vapourware é uma expressão comumente utilizada quando um fabricante de equipamentos, ou um desenvolvedor de software, “anuncia” (muito antecipadamente) um produto que ainda não existe ou que vai demorar muito para ficar pronto (muitas vezes anos).

Há ainda casos mais extremos em que o produto nunca tenha sido lançado ou sequer existiu.

Mas qual o motivo disso?

Manter os atuais clientes “presos” à sua marca, na espera da nova versão, a fim de que não procurem os produtos concorrentes.

E essa era uma prática que já vinha sendo adotada há décadas.

termo vaporware era criado 2
CDC vs IBM: um dos primeiros casos

Um dos primeiros casos registrados foi o da IBM nos anos 60, que, quando do lançamento do novo computador CDC 6600 da concorrente Control Data Corporation (CDC), tratou de anunciar seu mainframe IBM/360 modelo 91, três anos antes dele existir.

Isso prejudicou enormemente as vendas da CDC, que levou o caso à justiça por prática anticompetitiva.

Outro grande exemplo foi o jogo Duke Nukem Forever, anunciado em 1997, mas só lançado em 2011, depois da divulgação de inúmeras datas de lançamento.

Em seu artigo original da revista TIME, era mais uma vez um acontecimento similar que DeWit pretendia reportar, tendo por base a forma como a Microsoft vinha agindo ao anunciar seu tal novo sistema “Windows”, que sempre “ia ser lançado em breve”, sem nunca cumprirem nenhuma das datas prometidas.


E você, se recorda de outros casos?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “⚙ >> Legendas/CC >> Traduzir automaticamente”.

Palestra de Anders Norås relatando diversos casos de Vaporware na história
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

WhatsAppmessengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Somos um projeto sem fins lucrativos. Mas temos despesas. 😊
Se você curte nosso trabalho, gostaria de nos ajudar a pagar as contas?

Clique no botão abaixo e faça uma contribuição voluntária, de qualquer valor!

Você ainda tem a opção de tornar esta ajuda permanente, com um valor mensal fixo, marcando a opção “Transformar em doação mensalmente

botão doação paypal
paypal QR Code doação

Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *