Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em maio de 1984, a norte-americana Hewlett-Packard, mais conhecida como HP, lançava durante a feira COMDEX a primeira impressora laser “de mesa” para computadores compatíveis com o IBM PC, a HP LaserJet.

E mais uma vez esta notória empresa mudava o mundo criando um mercado de impressão ainda inexistente.

Oferecendo impressões em resolução de 300 pontos por polegada e velocidade de 8 páginas impressas por minuto, chegava pela “bagatela” de US$ 3.495.

Além de imprimir textos e gráficos em qualidade incrível, tinha ainda uma vantagem que soava muito bem aos ouvidos: era super silenciosa, comparada às barulhentas impressoras matriciais da época. Alguns comentavam: “dá até pra falar ao telefone ao lado dela”. 😊

HP LaserJet 2
Promessas de rapidez, qualidade e silêncio

É fato que impressoras laser não eram assim uma “novidade”, pois usam mecanismos similares aos das fotocopiadoras, que já existiam há tempos. Só que, até então, estas impressoras ocupavam grande espaços, não existindo modelos que coubessem no cantinho da mesa do escritório.

Só que no ano anterior, a japonesa Canon havia lançado um mecanismo de impressão super compacto, baseado em diodos laser, e que viabilizava o projeto de uma impressora compacta que a HP já vinha tocando há algum tempo. Por conta dos prazos já apertados e atrasados do seu projeto, a HP acabou optando por usar este sistema da Canon em seu primeiro modelo, para posteriormente desenvolver o seu próprio. Nascia assim a primeira LaserJet da história!

Este mesmo sistema também seria utilizado na primeira impressora Apple LaserWriter, lançada no ano seguinte e muito parecida com o equipamento da HP.


E você, já usou algum modelo de LaserJet?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.