O artigo “Gerenciamento de Informações: Uma Proposta” de 1989

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 12 de março de 1989, o físico pesquisador do CERN (laboratório europeu de física de partículas na Suíça) Tim Berners-Lee, distribuía aos colegas seu artigo “Gerenciamento de Informações: Uma Proposta “ (Information Management: A Proposal).

Este documento histórico, seria o primeiro esboço do que viria a ser a World Wide Web.

artigo Gerenciamento de Informações Uma Proposta 2
Documento original

Naquela época, Berners-Lee tinha percebido que o CERN possuía enormes quantidades de informações valiosas espalhadas em diversos locais, e que seria muito mais fácil se elas estivessem “interligadas” de alguma forma, permitindo acessá-las a partir de qualquer computador.

Ele propunha então em seu artigo a criação de um sistema hipertexto em rede para gerenciar estas informações.

Seu chefe, Mike Sendall, anotou o seguinte comentário na versão impressa do artigo que recebeu na época:

“vago, mas empolgante”.

Desta ideia inicial nascia o que conhecemos hoje com World Wide Web.

Nos anos seguintes, Berners-Lee faria algumas mudanças em sua proposta que culminariam com os protótipos do primeiro servidor web, primeiro navegador e a primeira página web.

Acesse neste endereço a versão original do texto (em inglês), e aqui a versão traduzida automaticamente.


E você, quando acessou pela primeira vez?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Palestra de Tim Berners-Lee no TED sobre a próxima Web
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.