Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Em junho de 1980, a japonesa Sharp Corporation lançava o primeiro computador de bolso com interpretador BASIC integrado da história, o Sharp Pocket Computer PC-1211.

Numa época em que a computação pessoal começava a “deslanchar”, os Pocket Computers (computadores de bolso) foram comercializados pela primeira pela renomada fabricante japonesa Sharp Corporation em junho de 1980, com o lançamento do modelo Sharp PC-1211.

Sharp Pocket Computer 2
Vista interna

Em função do seu custo relativamente baixo, da portabilidade, da funcionalidade e da possibilidade de serem conectados a impressoras, unidades de fita e outros periféricos, através de uma interface de expansão, esses computadores se tornaram rapidamente populares entre estudantes, engenheiros, cientistas e entusiastas da tecnologia da época, ávidos por “mobilidade”.

Tinham como característica distintiva a capacidade de programação utilizando a conhecida linguagem BASIC, muito popular na época, permitindo que os usuários desenvolvessem e executassem seus programas diretamente no dispositivo, ampliando ainda mais suas capacidades.

Sharp PC-1246

Seguindo o sucesso do primeiro modelo, a Sharp lançaria diversos modelos nos anos seguintes, como o Sharp PC-1246, em janeiro de 1984

Sharp Pocket Computer 3
O Sharp PC-1246

Ele contava com uma CPU CMOS de 4 bits modelo SC61720D de 1MHz de velocidade, memória RAM de 2 KB (48K no modelo PC-1247), memória ROM de 18 KB com interpretador Sharp BASIC integrado, tela de cristal líquido (LCD) de 1 linha e 16 caracteres, teclado alfanumérico completo, porta lateral para conexão de periféricos e botão de reset traseiro. Medindo 135 x 70 x 10 mm e pesando apenas 95g, operava com duas baterias de lítio CR-2032.

O Sharp Pocket Computer foi um dos pioneiros entre os dispositivos de computação portátil, demonstrando a viabilidade de se construir um computador poderoso e compacto, capaz de ser transportado no bolso, podendo ser considerado como um dos antepassados dos smartphones, tablets e notebooks que usamos hoje em dia.

Alguns dos modelos da linha Sharp Pocket Computer seriam também comercializados pela norte-americana RadioShack, que o rebatizariam como TRS-80 Pocket Computer.


E você, teve algum dos modelos Sharp Pocket Computer?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “⚙ >> Legendas/CC >> Traduzir automaticamente”.

Sharp PC-1211
Sharp PC-1246
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

WhatsAppmessengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Somos um projeto sem fins lucrativos. Mas temos despesas. 😊
Se você curte nosso trabalho, gostaria de nos ajudar a pagar as contas?

Clique no botão abaixo e faça uma contribuição voluntária, de qualquer valor!

Você ainda tem a opção de tornar esta ajuda permanente, com um valor mensal fixo, marcando a opção “Transformar em doação mensalmente

botão doação paypal
paypal QR Code doação

Gostou? Curta, comente e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe seu comentário no final desta postagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *