Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 18 de julho de 1968, Robert Noyce e Gordon Moore (guardem estes nomes), criavam a empresa NM Electronics, posteriormente rebatizada como Intel. A Intel era fundada.

Tudo começou quando o físico Noyce e o químico Moore, então funcionários da empresa de tecnologia norte-americana Fairchild, resolveram abrir sua própria empresa, tendo como objetivo a criação de circuitos integrados (microchips).

Foram então à caça de investidores interessados em se aventurar com eles nessa jornada, conseguindo levantar a quantia de 2,5 milhão de dólares e viabilizando a abertura da empresa.

Já em 1970, dois anos depois da fundação, produziam a primeira memória tipo DRAM [1] da história e, no ano seguinte, lançavam o primeiro microprocessador do mundo: o Intel 4004 [2]. Dois dispositivos que mudaram definitivamente a história da microeletrônica e dos computadores.

Intel era fundada 2
A calculadora responsável pelo primeiro microprocessador

O microprocessador Intel 4004 foi desenvolvido por encomenda da empresa “Nippon Calculating Machine Corporation” para sua nova calculadora “Busicom 141-PF”.

O pedido da empresa foi de que fossem criados 12 circuitos integrados para uso no projeto. Mas, em vez disso, a Intel resolveu a questão com apenas quatro chips, denominados MCS-4: uma CPU programável (4004), uma memória ROM (4001), uma memória RAM (4002) e um conversor serial/paralelo/registrador de deslocamento (4003).

Esta configuração possibilitava que este mesmo conjunto pudesse ser usado em diversas outras aplicações. Até mesmo em um computador. 😉

Foi a invenção dos microprocessadores que possibilitou a redução do tamanho dos computadores, abrindo o caminho para os micros pessoais e, atualmente, todo o universo de dispositivos portáteis.

Mas o grande “boom” da empresa viria com a escolha, pela IBM, do seu processador modelo 8088 [3] para equipar o primeiro PC [4]. A partir daí, a Intel praticamente dominaria o mercado de microprocessadores.

Intel era fundada 3
Anúncio divulgando o conjunto MCS-4

Fato curioso é que o nome “Intel” pertencia originalmente a uma rede de hotéis, de quem precisaram adquirir os direitos antes de rebatizar sua empresa.

E o tal Moore, o que tem ele de importante?

Foi ele quem postulou o princípio de que “os circuitos integrados dobrariam de capacidade e reduziriam seu tamanho pela metade a cada 18 meses”, princípio que ficou conhecido como “Lei de Moore” [5].

Mas e o Noyce, fez algo de relevante?

Ele foi ninguém menos que um dos co-inventores daquilo que ficaria conhecido como “circuito integrado” [6].


E você, qual foi o primeiro microcomputador que usou?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

A história do Intel 4004
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.