O Sinclair ZX Spectrum de 1982

Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em 23 de abril de 1982, a britânica Sinclair Research, do lendário Sir Clive Sinclair, lançava no Reino Unido seu novo computador de 8 bits, o Sinclair ZX Spectrum.

Vindo para assumir o lugar do popstar ZX81 [1], mantinha como “cérebro” o famoso microprocessador Zilog Z-80 [3] rodando a 3,5MHz, mas acrescentando várias novidades.

A maior delas é que agora sua imagem tinhas cores! Seu nome (espectro, em português), inclusive, faz alusão exatamente a este fato 😊. Outra novidade era a memória RAM, que passava a ser de 16KB (posteriormente 48KB).

Sinclair ZX Spectrum 2
Anúncio da época destacando suas características

Um computadorzinho que fez história e marcou toda uma geração, tendo sido responsável por formar uma enorme legião de programadores e desenvolvedores de jogos.

Um sucesso estrondoso de vendas na Europa, algo similar ao que aconteceu com o Commodore 64 [4] na terra do Tio Sam.

Seus clones brasileiros, lançados com os nomes TK-90X [5] e TK-95 (ambos da Microdigital), também foram sucessos de vendas por aqui.

Sinclair ZX Spectrum 3
Os “clones” brasileiros TK-90X e TK-95

O Spectrum possui até hoje uma enorme legião de fãs em todo mundo.

Quer experimentar este e outros computadores e consoles antigos, do Brasil e do mundo, de forma virtual no seu próprio PC?
Baixe neste endereço o multiemulador do Museu Capixaba do Computador (MCCEmu) e divirta-se!

E você, teve algum dos modelos?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!


Vídeos(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

Review do ZX Spectrum
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.