Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Em julho de 1977, a empresa “Sinclair Instrument Ltd”, fabricante inglesa de rádios e calculadoras (e que se chamava originalmente “Sinclair Radionics”), era rebatizada como “Science of Cambridge Ltd”.

Hum… ainda não tem a mínima ideia de quem seja né?

Vamos começar do início…

No princípio havia a IBM, Burroughs, UNIVAC e demais mega corporações dos grandes computadores que reinavam sobre a terra.

As casas inglesas eram vazias; havia trevas sobre os lares do reino e poucos podiam pagar por um “computador pessoal”.

E disse Sir Clive Marles Sinclair [1]: haja a Science of Cambridge Ltd, a “SC”.

E em julho de 1977 houve a SC.

E Sir Clive Marles Sinclair viu que a SC era boa; 😊 e neste mesmo ano a empresa desenvolveria seu primeiro computador: o MK-14, cujo kit custava meras 39,95 libras e vendeu mais de 50mil unidades ao longo de sua vida.

Assim,
Antes do ZX80….
Antes do ZX81….
Antes do ZX Spectrum

Science of Cambridge Ltd 2
O MK-14 teve acessórios desenvolvidos posteriormente

Nascia aquela que posteriormente viria a se chamar “Sinclair Computers Ltd”, responsável pela lendária e cultuada linha de computadores SINCLAIR, sucesso mundial e que ficou para sempre gravada na memória dos seus usuários e nos livros de história.

O MK-14, que ficaria conhecido como o primeiro computador da SINCLAIR, contava com um microprocessador National SC/MP rodando a 4,4MHz, memória RAM de 256bytes (expansível até 2170bytes), memória ROM de 512 bytes, um display formado por 8 módulos de LED de 7 segmentos e um “teclado de calculadora” de 20 teclas.

Pela sua aparência poderíamos até chama-lo de Raspberry Pi dos anos 70 😊

Science of Cambridge Ltd 3
Anúncios da época

Apesar de simplório, sem este computadorzinho, provavelmente nunca teriam existido o ZX-80 [2] e o ZX-81 [3] (nem o TK82, TK83, TK85, CP200, etc, no Brasil), o ZX Spectrum [4] (nem os nossos TK90X [5] e TK-95), o BBC Micro [6] (sucesso no Reino Unido) e vários outros que se inspirariam na trajetória da Sinclair.

Tudo bem que Sir Sinclair, nesta época, não deu muita bola pro micrinho, que nasceu muito mais por insistência do seu projetista Chris Curry. Mas foi a partir dele que Sinclair olhou com bons olhos pro futuro dos computadores pessoas, apostando posteriormente nas criações dos modelos que ganhariam o mundo.

E o mercado era de fato tão promissor, como todos sabemos hoje, que Chris Curry deixaria a SC pouco tempo depois para fundar a Acorn Computers, outro grande fabricante britânico de computadores e que inventaria o microprocessador ARM [7], presente na maioria dos dispositivos portáteis de hoje e também no…. Raspberry Pi. 😊  


E você, já teve alguma experiência computadores pequenos como este?

Clique aqui e deixe seu comentário no final desta postagem! Sua participação é muito importante pra nós!

Vídeo(s):

*legendas disponíveis nos controles do Youtube, na opção “Legendas/CC –> Traduzir automaticamente”.

MK-14, o Raspberry Pi de 1978
O primeiro kit da Sinclair
Mais em:



*As imagens utilizadas nesta postagem são meramente ilustrativas e foram obtidas da internet.


Quer nos ajudar com doações de itens para o acervo do Museu Capixaba do Computador – MCC?

Entre em contato conosco por meio dos canais de comunicação identificados nos ícones abaixo, ou ainda por quaisquer uma das nossas redes sociais listadas no topo da página.

messengerinstagram directemail
Clique no ícone desejado e entre em contato conosco!

As doações também poderão ser entregues diretamente na sede do museu, neste endereço.

Para refrescar a memória e te ajudar a identificar alguns itens que buscamos, aqui você encontra nosso álbum de “Procura-se” .

Colabore você também com o primeiro museu capixaba dedicado à memória da tecnologia da informação! 

Doe seus itens sem uso. Você ajuda a natureza e dá uma finalidade socialmente útil pra eles!


Gostou? Curta e compartilhe a publicação original! Ajude a divulgar o projeto! Deixe também seu comentário no final da postagem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.